Imagem - Ocemg
Notícias

OnCoop discute plataforma PIX e transformações digitais nas cooperativas de crédito

04/08/2020
Compartilhar em:
WhatsAppFacebookTwitterLinkedIn
Imagem - Ocemg

Uma novidade que entrará em vigor em novembro de 2020 no Brasil, a plataforma PIX, foi objeto de debate na webinar do projeto OnCoop do último dia 30 de julho. A videoconferência recebeu o professor da Fundação Dom Cabral (FDC), Hugo Tadeu, e o chefe de Subunidade no Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central do Brasil, Breno Lobo, para falarem sobre o assunto.

PIX é um sistema de transferências de dinheiro e pagamentos instantâneos que permitirá transações 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados. Também será possível fazer pagamentos em estabelecimentos comerciais físicos com a leitura de um QR Code. Segundo Lobo, o BCB está trabalhando, há alguns anos, para implementar esta nova forma de pagamento no país. Para desenvolver o projeto, o Banco levou em consideração o contexto tecnológico atual, os custos e as dificuldades com o papel moeda e as lacunas nos meios de pagamento disponíveis atualmente.

O especialista explicou que entre as características do PIX estão a instantaneidade, a velocidade, principalmente, do cliente recebedor; a disponibilidade plena, o funcionamento 24 horas por dia em  qualquer dia da semana; a multiplicidade de casos de uso seja entre pessoas, seja nos pontos de vendas, pagamentos entre empresas e até no pagamento de governos; a conveniência, da perspectiva do pagador e do recebedor, focando a centralidade no cliente; a segurança cibernética; e, por fim, a competitividade, com vistas em aumentar concorrência dentro do sistema de pagamentos brasileiros.

Tendo em vista a incorporação do PIX pelas cooperativas de crédito, Tadeu complementou que o debate sobre as transformações digitais e das plataformas que viabilizam essas mudanças é muito importante para o cooperativismo, mas não pode se basear apenas no âmbito tecnológico. “As cooperativas devem ter uma clareza da sua ambição digital, ou seja, saber o que querem com área de inovação digital, e até que ponto o assunto da plataforma tecnológica está sendo levado a sério enquanto investimento e qual é o entendimento do cliente na ponta”, frisou.

Atualmente, existem 980 instituições em processo de adesão do PIX, entre elas, mais de 600 cooperativas. A plataforma está em homologação desde junho e vai até outubro, sendo que em 16 de novembro entra no ar. A partir de 1º de dezembro será aberta uma nova homologação por tempo indeterminado para que as instituições possam se cadastrar.

As cooperativas que tiverem dúvidas sobre o assunto podem acessar o site do BCB ou enviar um e-mail para pix@bcb.gov.br. A webinar sobre o tema está disponível no canal do YouTube do Sistema Ocemg.

Imagem - Ocemg

Baixe o Aplicativo do
Sistema Ocemg

Disponível para:
Imagem - Ocemg