Imagem - Ocemg
Notícias

Seminário de Energia Fotovoltaica aborda temáticas importantes para o setor cooperativista

27/09/2022
Imagem - Ocemg

O cooperativismo e seu pioneirismo no cumprimento de agendas de responsabilidade ambiental e social foram abordados durante o Seminário de Energia Fotovoltaica do Sistema Ocemg, realizado ontem (26/9), no Ouro Minas Palace Hotel, em Belo Horizonte, que reuniu um público de mais de 200 pessoas.

Iniciando os debates, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, ressaltou que o cooperativismo carrega em seu DNA o que, hoje, é conhecido como Environment, Social & Governance (ESG) ou, em português, Ambiental, Social e Governança. Ele destacou ainda projetos do Sistema Ocemg como o Dia de Cooperar (Dia C), que desde 2009 está alinhado com os preceitos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU ou o MinasCoop Energia, lançado no ano passado para fomentar a adoção de energia renovável pelas cooperativas mineiras, mostrando como o cooperativismo e Minas Gerais estão na vanguarda.

Samuel Flam, vice-presidente do Sistema Ocemg, completou sobre o tema do evento que “entregar energia barata e limpa é desafio do futuro. Fazendo isso, vamos promover o desenvolvimento sustentável e as cooperativas mineiras estão se posicionando como protagonistas nesse momento”.

Em complemento, o coordenador de Meio Ambiente do Sistema OCB, Marco Olívio Morato de Oliveira, frisou que as cooperativas tomando frente deste movimento colocam o setor cooperativista no seu devido local, que é de protagonismo.

O subsecretário de Desenvolvimento Regional da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede/MG) e presidente do Conselho Estadual de Cooperativismo (Cecoop-MG), Douglas Cabido, destacou essa política tão importante que é a produção de energia limpa. “Desde o momento em que nos foi apresentado o MinasCoop Energia pelo Sistema Ocemg, abraçamos o projeto”, disse.

Apresentação do MinasCoop Energia

A programação do Seminário contemplou uma apresentação, pelo superintendente do Sistema Ocemg, Alexandre Gatti Lages, do Programa de Energia Fotovoltaica do Cooperativismo Mineiro (MinasCoop Energia). Segundo ele, a organização tem uma grande expectativa com relação ao evento, pelo conteúdo apresentado, pala agenda de relacionamento entre entidades e fornecedores do setor e por reunir um seleto grupo para discutir um tema tão relevante para o negócio cooperativo.

Ele contextualizou a atuação do Sistema Ocemg com foco em ESG nos últimos anos, destacando, por exemplo, o fato de a organização ter sido a primeira Unidade Estadual a se tornar signatária do Pacto Global da ONU, em 2018, o investimento no Programa de Desenvolvimento da Gestão das Cooperativas (PDGC) e em cursos e programas com foco nos âmbitos social e ambiental. Lages divulgou, em primeira mão, que a organização irá lançar, este ano, a primeira edição do seu Relatório de Sustentabilidade.

De acordo com o superintendente, o MinasCoop Energia contempla 10 dos 17 ODS da ONU, com destaque para o de número 7 – acesso à energia limpa. Sobre o andamento da iniciativa, ele contou que, desde junho deste ano, a entidade zerou os gastos com contas de energia em seus prédios. Parte da energia gerada nas três usinas fotovoltaicas do Sistema Ocemg será doada para a Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte em uma ação em parceira com CCPR e Sicoob Credicom para zerar o custo de energia da entidade filantrópica de saúde.

Para exemplificar, ele apresentou casos de cooperativas de todo o Estado que integram o MinasCoop Energia. Um deles foi o da Coopmetro, cooperativa de transporte, cujo diretor comercial, Reginaldo Luciano, ressaltou: “Estamos inaugurando nossa primeira usina de energia fotovoltaica. O programa foi o pontapé para gerarmos a energia para nosso novo projeto de carros elétricos”.

Agendas de Relacionamentos

Em dois momentos do evento ocorreram as “Agenda de Relacionamentos”, reuniões de negócios entre os participantes e fornecedores de soluções referentes a projetos, estudos, crédito e outros para a construção de usinas de energia fotovoltaica.

Palestras

O seminário abordou temas importantes como a apresentação do Programa Sol de Minas, do Governo do Estado, pela secretária Adjunta de Desenvolvimento Econômico do Estado Minas Gerais da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de MG, Kathleen Garcia, além de palestras com os assuntos “Marco Legal da Energia Fotovoltaica: uma revisão jurídica”, com a advogada Júlia Machado; e “Sustentabilidade: energia limpa e renovável”, com a empreendedora social Bruna Resende.

Segundo a representante do Governo Estadual, a capacidade instalada de energia solar em operação em Minas, em geração Distribuída, é de 2,076 GW, a maior do país e, atualmente, todos os 853 municípios mineiros têm geração distribuída. E o volume de investimento no setor em Minas Gerais no ano passado foi de R$ 3,77 bilhões, sendo o Estado que mais teve sua capacidade aumentada em 2021: 1.506 MH.

Confira a matéria completa sobre o Seminário de Energia Fotovoltaica do Sistema Ocemg na edição de outubro do Jornal Cooperação.

Imagem - Ocemg

Baixe o Aplicativo do
Sistema Ocemg

Disponível para:
Imagem - Ocemg