Imagem - Ocemg
Notícias

Solenidade do Dia Internacional do Cooperativismo confirma força do setor em Minas

01/07/2022
Imagem - Ocemg

Cerca de 450 cooperativistas e autoridades estaduais estiveram presentes na Orquestra Filarmônica, em Belo Horizonte, para comemoração do Dia Internacional do Cooperativismo. Realizado no dia 29 de junho pelo Sistema Ocemg, o evento tem o intuito salientar a força e a história do movimento, bem como homenagear pessoas importantes para o desenvolvimento do setor em Minas Gerais e as cooperativas que atingem a marca de 50 anos.

Em mensagem, o governador do Estado Romeu Zema parabenizou a organização pela solenidade e as cooperativas pelo importante trabalho e atuação em prol da economia e do social da população mineira.

Por ocasião da abertura do evento, o presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, comentou sobre o hiato de dois anos de pandemia sem essa grande reunião de cooperativistas para comemorar a data e complementou sobre os desafios para o futuro do setor. “Precisamos da transformação mental e esta se dá com atitudes. E é neste momento difícil pelo qual o país em que as cooperativas precisam, cada dia mais, emergir e levar soluções para as pessoas. Tem muita gente precisando do cooperativismo”, frisou.

Na ocasião, compuseram a mesa de autoridades, o vice-presidente do Sistema Ocemg, Samuel Flam; o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Thales Fernandes; o presidente do Conselho Estadual do Cooperativismo de Minas Gerais (Cecoop-MG), Douglas Cabido; a gerente de Relações Institucionais do Sistema OCB, Clara Maffia; o presidente do Centro Cooperativo Sicoob, Marco Aurélio Almada; e o presidente do Sebrae Minas, Roberto Simões.

Homenagens

Tradicionalmente, a solenidade do Dia Internacional do Cooperativismo em Minas Gerais presta homenagens as cooperativas cinquentenárias do período, tendo reconhecido a longevidade de seis organizações nesta edição: Sicoob Cecremec, Sicoob Coopercorreios, Unimed-BH, Unimed Uberlândia, Unimed Uberaba e Unimed Norte de Minas.

Representando as homenageadas, Samuel Flam, que é ex-presidente da Unimed-BH, destacou que completar 50 anos é um marco da história, seja na vida de uma pessoa ou para uma empresa ou cooperativa.  O dirigente remontou a criação da primeira cooperativa do mundo para ressaltar uma das grandes características do movimento cooperativista que é a resiliência, a capacidade das cooperativas de atravessarem momentos de crise sempre contribuindo para a economia e a sociedade.

A programação do evento contou ainda com a entrega da Medalha do Mérito Cooperativista Paulo Souza Lima, mais alta comenda do cooperativismo mineiro, que leva o nome do primeiro presidente da Ocemg, para o advogado especialista em Direito Tributário e Cooperativista, João Caetano Muzzi Filho. “São quase 30 anos de lutas nos tribunais em defesa do modelo cooperativo. Luta que não me traz qualquer tipo de peso, pela possibilidade de defender aquilo que acredito”, disse orgulhoso, frisando em sua fala a gratidão pelo reconhecimento e pelo setor com o qual tanto se identifica.

 

Imagem - Ocemg

Baixe o Aplicativo do
Sistema Ocemg

Disponível para:
Imagem - Ocemg