Imagem - Ocemg
Notícias

Dia Internacional do Café: bebida continua presente na vida dos brasileiros

27/09/2022
Imagem - Ocemg

Data celebra a importância e a relevância do grão que é paixão mundial

No dia 1 de outubro é comemorado o Dia Internacional do Café, a data foi estabelecida em março de 2014, pela Organização Internacional do Café (OIC), e contou com o apoio de dezenas de associações ao redor do mundo ligadas ao setor cafeeiro, entre elas, a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).

A ocasião visa unificar as celebrações ao redor do mundo, e possui a hashtag #InternationalCoffeeDay, utilizada todos os anos desde então. A comemoração promove o consumo de cafés certificados em todo o mundo e, ainda, chama a atenção para o trabalho dos cafeicultores.

Mercado teve expansão em 2021

O café segue relevante para a economia brasileira, pois o país é o maior produtor do grão no mundo, e o segundo maior consumidor, atrás somente dos Estados Unidos. De acordo com pesquisa divulgada pela ABIC em abril de 2022, o consumo interno no Brasil aumentou em 2021. Os números revelam que, apesar da crise econômica gerada pela pandemia e outro fatores, que afetou diversos setores em 2021, a procura por café seguiu seu ritmo de crescimento: houve alta de 1,71% em relação ao mesmo período analisado no ano anterior. Foram produzidas 21,5 milhões de sacas entre novembro de 2020 e outubro de 2021, volume que representa 45,3% da safra do ano, de 47,7 milhões de sacas, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O bom desempenho na mesa do consumidor teve impacto direto na indústria: as empresas associadas à ABIC registraram um crescimento de 2,77% no período. Atualmente, as indústrias associadas respondem por 72,9% da produção do café torrado em grão e/ou moído.

 

Para entender melhor a relação dos consumidores com o produto, a Associação realizou, em parceria com a SP Coffee Hub a maior pesquisa sobre o consumo de café já feita no Brasil, que traz a visão de 5.460 apreciadores e apreciadoras de café sobre o produto, com mais de 180 mil respostas.

Foram identificados três tipos de consumidores: o público geral (83%), que consome café de modo rotineiro e não se aprofunda no assunto, os entusiastas (12%), que buscam produtos diferenciados e entendem um pouco mais do tema, e os especialistas (5%), que compram cafés especiais e possuem conhecimento técnico da área.

O que se destacou, em todos os públicos, foi o ato de tomar café como algo relacionado a sentimentos, como prazer. Para Ricardo Maruo, Head de pesquisas da Coffee Hub, os dados mostram que a bebida é sempre vista de modo positivo: “Descobrimos que o café é visto como uma situação, e nunca é uma situação ruim”, aponta.

Outro elemento destacado pela pesquisa foi o sentimento de prazer, sentido pelos consumidores, conforme explica Giuliana Bastos, pesquisadora da SP Coffee Hub: “Os apreciadores relatam que provar um ‘excelente café’ cria sensações prazerosas, marcadas por lembranças de bem-estar e felicidade, algo que traz satisfação e deve ser compartilhado com uma pessoa querida”.

Fonte:ABIC
Imagem - Ocemg

Baixe o Aplicativo do
Sistema Ocemg

Disponível para:
Imagem - Ocemg